sábado, 1 de março de 2008

O Dia da Descoberta Trágica

Saiu do médico chorando muito. Entrou no carro, e tremia tanto que não conseguia dirigir. Teve que passar uma hora ali dentro tentando se acalmar. Enquanto isso pensava em como daria a notícia ao seu marido. Talvez essa fosse a pior parte, não sabia como ele reagiria. Sabia que era tudo na vida daquele homem. Precisava mostrar segurança, não poderia mostrar seu sofrimento para que ele não sofresse também. Chegou em casa, e Jaime estava tranqüilamente lendo seu jornal, como sempre fazia a essa hora do dia. Ela não podia esperar mais, precisava dar sua trágica notícia.

- Jaime, eu preciso falar com você.

- Diga, querida.

- Bem, eu vou ser direta. Hoje eu fui ao médico e...

- Tsc, tsc, esse Thiago Neves é uma besta, mesmo...

- Será que dá pra fechar a porra do jornal? Eu quero dar uma notícia importante, merda!

- Tudo bem, tudo bem, já fechei... Fala.

- Bem, querido, pra mim é muito difícil te contar isso, e saiba que aconteça o que acontecer eu sempre vou te amar.

- Que isso, Marta, tá me assustando!

- Bem, querido, vamos lá. Eu fui ao médico hoje, para que ele examinasse minhas hemorróidas.

- Sim, as hemorróidas. E o que é que tem, vai ter que operar?

- Não, querido, o problema é que não eram hemorróidas.

- Não?

- Não.

- Porra, mas era o quê então?

- Um tumor.

- U... Um tumor?

- Sim querido, um tumor. Eu estou com câncer.

- Com câncer?

- Sim, querido, sim. Eu estou com câncer.

- Quer dizer que você está com câncer... No cu?

- Bem... Sim, é isso.

- Ah...

- Eu sei que deve estar sendo muito difícil para você ouvir isso, querido, mas devemos ser fortes e...

- Pfffffhahahahahahahaha! Desculpa, desculpa, mas não deu pra segurar!

- Vo...você está rindo?

- Hahahahahaha, desculpa, Marta, desculpa, mas é que é muito engraçado... Você tá com câncer? Tô. Aonde? No cu. No cu! Hahahahahahahahaha, muito boa essa, muito boa...

- Mas seu idiota, será que você não entendeu? Eu estou com câncer! Eu posso morrer!

- Pode, é?

- Posso.

- Quer dizer que você pode morrer... Pela bunda?

- Sim, eu...

- Hahahahahahahaha, pára, pára, eu vou me mijar, hahahahahahahahahaha!

E Marta nunca mais se esqueceu do trágico dia em que descobriu que havia se casado com um débil-mental.

Um comentário:

MoorpheuSs disse...

hahahaha....muito boa a piada! câncer no cú deve ser fuck...huahuahua