terça-feira, 25 de setembro de 2007

O Poder da Reza


Olá, discípulos de mim mesmo, como vão? Mal, imagino, já que há tempos não bebem do suquinho de sabedoria que eventualmente empresto às suas vidinhas medíocres através dos meus textos. Pois não chorem mais, crianças, tio Paulinho está de volta para lhes tirar do sofrimento. E o texto de hoje é um trecho exclusivo do meu novo livro, que vai ser incluindo na próxima edição revisada da bíblia. Finalmente a igreja vai reparar esse erro histórico de me deixar de fora dos escritos sagrados.

Vladimir era um homem de fé. Muita fé. Fé pra caralho, mesmo, o cara era doente. Tão doente que involuntariamente afastava qualquer pessoa que tentasse se aproximar dele. Era só alguém dar bom dia e ele já respondia com um salmo, uma frase de padre, ou com alguma repreensão: “Não se deve andar com a mão no bolso! Só se deve usar vermelho depois da páscoa! Tira o dedo do cu que dá câncer! Bandido bom é bandido morto!”, e outros conselhos cristãos que ninguém queria ouvir.

Com isso, Vladimir se tornou um homem extremamente solitário, e sentia falta de uma companhia feminina. Como a única coisa que sabia fazer era rezar, foi o que ele fez:

- Ó, Senhor, eu, humilde servo que sou, que sempre peço tão pouco, gostaria que o Senhor me concedesse a graça de uma esposa. Eu sou um homem muito solitário, meu Deus, só quem eu tenho nessa vida é o Senhor e o padre Antônio e, convenhamos, tem coisas que uma mulher faz que o padre Antônio não pode fazer. Por isso, se der pra me arrumar uma mulher, nem precisa ser grandes coisas, eu ficaria muito agradecido.

E era sempre esse o assunto das orações de Vladimir. Os meses se passaram, Vladimir continuou rezando, e nada, nem sinal de mulher se interessando por ele. Na verdade, parecia até que elas estavam se afastando cada vez mais do pobre homem. Mas Vladimir não era homem de pouca fé, e não desistiria tão fácil:

- Oi Deus, sou eu de novo. Sabe o que é?, não estou reclamando nem nada, sei que o Senhor é muito ocupado... Mas é que já faz dois anos que eu venho pedindo uma mulher nas minhas orações, e por enquanto nada! Pôxa, o Caçapa, meu vizinho, nunca entrou numa igreja na vida, e semana passada ganhou sozinho na mega-sena. Não que eu esteja com inveja, longe de mim, Senhor, fiquei muito feliz pelo Caçapa, mas... Será que eu, como homem de fé que sou, não deveria ter prioridade nas bênçãos? Enfim, o Senhor é Deus e sabe o que faz, por isso sei que cedo ou tarde vai me abençoar também. Desculpe os questionamentos, Senhor, já me sinto arrependido, Amém.

A reclamação de Vladimir parece não ter adiantado muito, e o infeliz continuava na seca de mais cinqüenta anos. Mas apesar de carocha, Vladimir não era santo, e chegou o dia em que perdeu a paciência:

- Meu Deus, venho pedir que... Porra, será que eu preciso explicar? Há cinco anos que eu peço todo dia a mesma coisa, todo dia venho nessa mesma merda de igreja e peço uma mulher, e até agora nada! Quantas vezes vou precisar pedir, merda?! Será que eu não tô me explicando muito bem, que o Senhor não está me entendendo, e por isso ainda não me deu o que eu tanto peço?! Pois então dessa vez vou tentar ser mais claro: Eu quero uma buceta, tá me entendo? Buceta! Bu-ce-ta! AAAAAAAAHHHHHHHH!

Saiu de casa enlouquecido, parou no primeiro boteco, e tomou o primeiro porre de sua vida. Qual não foi sua surpresa ao acordar na manhã seguinte, e descobrir que suas preces haviam sido finalmente atendidas: Deus havia lhe dado uma buceta. E Vladimir nunca mais mijou de pé.

Moral da história: Cuidado com o que você pede, Deus só realiza os desejos com potencial para te deixar arrependido mais tarde.

Mais uma palavra da salvação, do mestre Paulinho Coelho: ¡Livin’ la Vida Loca!

7 comentários:

Tácio disse...

"Deus só realiza os desejos com potencial para te deixar arrependido mais tarde."

Hahahahaha, me mijei agora.

Obs: me mijei de pé!

Cristiano disse...

Puts! Você realmente tem uma imaginação muito boa(ou ruim). Parabéns pelo texto.

*Fernanda* disse...

UHAUHAUHAUHAHUAHUAHUAUA

Fico tão feliz quando entro aqui e tem post novo... Demais, sua criatividade é assombrosa!

Parabéns!

Anônimo disse...

DEMAIS!

kid_limao disse...

Hahaha!
é um dos poucos blogs que ainda me fazem rir!
Grande LP!

Tácio disse...

2 semanas depois e eu ainda to rindo dessa merda...pqp.

CONAN disse...

do mal essa piada kkk