sexta-feira, 8 de dezembro de 2006

Delicioso esse assado

- Huuuummmmm...Puxa vida, dessa vez você se superou, Mariana. O melhor assado que eu comi na vida!

- É, realmente, dessa vez me superei, delicioso esse assado.

- É, realmente, delicioso esse assado. Mas, só uma pergunta, porque você está dando de mamar pra uma alcatra?

- Uma alcatra? Ai meu Deus, uma alcatra! Puta que o pariu, acho que eu assei o Júnior!!!

- Vo-você assou o Júnior? Hahahahahaha, caralho, só você pra confundir uma alcatra com o Júnior!

- AAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHH!!! Meu Deus!!! Eu matei meu filho!!! Meu único filho!!! Eu matei o Júnior!!!

- Hahaha, você tinha que ver, Mariana! Muito engraçado você dando de mamar pra uma alcatra! Impagável, impagável...

- Cadê a arma, a arma? Eu vou me matar, com a arma. Vou, vou me matar, sim, com a arma. Sim, vou, vou sim, com a arma.

- Ah, relaxa aí, Mariana. Filho depois a gente faz outro. Mas vem cá, o que você fez de sobremesa? Pudim de chocolate? Mas você não confundiu a lata de leite condensado com o cachorro, não, né? Hahahahaha! Vê lá, hein? Hahahahaha!

- Ta aqui a arma. Pá!

- Pô, Mariana, não sabe brincar não brinca!

E, com muito carinho e ternura, ele criou sozinho o pedaço de alcatra, que hoje é um dos membros mais respeitáveis da O.A.B.

Nenhum comentário: